Fotografia: António CunhaFotografia: António Cunha


Identificação do Monumento:

Muralha Islâmica

Localização:

Silves, Faro, Portugal

Data de construção do monumento:

Segunda metade do século VI AH / XII AD

Período / Dinastia:

Almóada

Descrição:

Constituída por extensos panos de muralha em taipa, alguns intactos, por torres adossadas e torres albarrãs quadrangulares em alvenaria vermelha (grés de Silves), a fortificação de Silves adquire características únicas no contexto militar islâmico em Portugal, dado o razoável estado de conservação das mesmas. Persiste também deste conjunto defensivo a monumental porta almóada, de entrada em cotovelo, principal acesso à medina de Xelb (Silves islâmica), chamada Porta de Loulé.

Esta porta era defendida por uma enorme torre albarrã e dela saía a rua que, no sentido Norte, dava acesso à medina e seguia até à alcáçova e, no sentido inverso descia para o rio Arade. A cidade islâmica do século VI AH / XII AD tinha três grandes portas de entrada: a Porta da Cidade ou de Loulé (Bab-al-Balad) a sul; a Porta do Sol (Bab-al-Sârus) a nascente e a poente a Porta da Azóia (Bab-al-Zauiâ). Todas estas portas eram protegidas por torres albarrãs. Existiam ainda quase duas dezenas de torres adossadas à muralha, muitas das quais desapareceram.

A cerca urbana de Silves envolve uma área de sete hectares e constitui hoje, certamente, o mais belo monumento militar de época islâmica existente em Porugal.

A muralha almóada de Silves (2ª metade do século VI / XII) foi reedificada sobre restos de muralhas anteriores, na sua maior parte almorávidas, que foi necessário alargar e reforçar dado o avanço militar cristão.

Toda a área do castelo e o todo centro histórico de Silves (antiga medina intramuros) são desde há cerca de 20 anos objecto de escavações arqueológicas constantes que têm comprovado, quer pelos núcleos habitacionais encontrados quer pelas peças exumadas, a existência de uma cidade islâmica de grande importância política, comercial e cultural nos séculos V, VI e VII / XI, XII e XIII.

View Short Description

A cerca urbana de Silves envolve uma área de sete hectares e constitui hoje o mais belo monumento militar de época islâmica existente em Porugal. A muralha almóada (2ª metade do século VI H./ XII AD) foi reedificada sobre restos de muralhas anteriores, que foi necessário alargar e reforçar dado o avanço militar cristão.
Persiste deste conjunto defensivo a chamada Porta de Loulé, monumental entrada em cotovelo, principal acesso à medina. Conservam-se também extensos panos de muralha em taipa, alguns intactos, torres adossadas e torres albarrãs quadrangulares em alvenaria vermelha.

Como foi estabelecida a datação:

Muralha e torre albarrã referida no documento que nos foi deixado pelo cruzado anónimo em 584 / 1189, ano da 1º conquista da cidade pelos cristãos, Relação da Derrota Naval, Façanhas, e Sucessos dos Cruzados que Partirão do Escalda para a Terra Santa no ano de 1189.



As escavações arqueológicas realizadas junto ao pano da muralha comprovaram núcleos habitacionais e artefactos da época.



A tipologia construtiva (taipa militar) e os materais utilizados na muralha e nas suas torres são claramente islâmicos.

Bibliografia seleccionada:

AAVV, Terras da Moura Encantada, Lisboa, 1999.

Alegria, J. A., Itinerários da Terra: inventariar o património de arquitectura em terra – contributo para um inventário no concelho de Silves, Faro, 2002.

Gomes, R. V., Palácio Almóada da Alcáçova de Silves, Lisboa, 2001.

Gomes, R. V., Silves (Xelb) – Uma Cidade do Gharb Al-Andalus – Arqueologia e História (séculos VIII- XIII), F.C.S.H. da Universidade de Lisboa, 1999.

Lopes, J. B. da S., Relação da Derrota Naval, Façanhas, e Sucessos dos Cruzados que Partirão do Escalda para a Terra Santa no ano de 1189 (Escrita em Latim por Hum dos mesmos Cruzados. Traduzida e anotada pelo autor), Lisboa, 1844.

Citation:

Maria da Conceição Amaral "Muralha Islâmica" in "Discover Islamic Art", Museum With No Frontiers, 2022. 2022. https://islamicart.museumwnf.org/database_item.php?id=monument;ISL;pt;Mon01;15;pt

Autoria da ficha: Maria da Conceição Amaral

Número interno MWNF: PT T

RELATED CONTENT

 Artistic Introduction

 Timeline for this item


On display in

Discover Islamic Art Exhibition(s)

The Muslim West | Defence

Download

As PDF (including images) As Word (text only)